Últimas Notícias

Leia as principais notícias da Federação das Indústrias do Estado de Roraima e saiba mais sobre as ações que fomentam o empresariado do segmento industrial no Estado.

Agosto de 2014
 
 

Industriais do setor moveleiro viajam a São Paulo em Missão Empresarial

02 de agosto de 2014

No período de 29 de Julho a 01 de Agosto de 2014, 15 empresários do setor moveleiro participaram de uma missão empresarial. Trata-se de visita à Feira Internacional de Fornecedores da Indústria de Madeira e Móveis - ForMóbile, realizada no  pavilhão  do Anhembi, na cidade de São Paulo.

 

A missão faz parte das ações do Programa de Apoio à Competitividade das Micro e Pequenas Indústrias – PROCOMPI, desenvolvido pela Federação das Indústrias de Roraima - FIER com 15 empresas do setor Moveleiro, em  parceria  com o SEBRAE.

 

 Eles puderam renovar conhecimentos, adquirir novos equipamentos e estreitar laços com novos fornecedores para futuros negócios. Todos os participantes ficaram satisfeitos com a viagem. 

 

O industrial e Presidente do Sindicato das Indústrias de Marcenaria do Estado de Roraima – SINDIMAR, João Tavares, destacou que a visita à feira foi muito proveitosa pelo acesso às oportunidades de informações sobre novos equipamentos, franquias e para o processo de inovação de cada empresa. “Nós conhecemos maquinário de alta tecnologia, com manejo totalmente in-

 

formatizado, que melhoram e aumentam a capacidade de produção e a qualidade, diminuem o tempo de produção e algumas que fazem diversos serviços ao mesmo tempo. Com certeza tivemos um ganho muito grande com essa missão”, concluiu.

 

ForMóbile – A feira reúne empresas do Brasil e do exterior com lançamentos e novidades para a indústria moveleira. Estavam presentes os principais fornecedores de máquinas, matérias-primas, ferragens, acessórios e serviços do Brasil e de mais 30 países.

Líderes e executivos de sindicatos patronais participam de Curso de Gestão de projetos e parcerias sindicais na FIER

5 de agosto de 2014

A Federação das Indústrias de Roraima – FIER por meio do Programa de Desenvolvimento Associativo – PDA, proporcionou para líderes sindicais de vários setores industriais, o curso “Gestão de Projetos e Parcerias Sindicais”, realizado na noite do dia 5 de agosto na sala de reuniões da FIER.

 

A consultora da Confederação Nacional da Indústria – CNI, Celina Fernandes da Cunha Basto foi a responsável pela disseminação de informações sobre os benefícios do associativismo, reposicionamento do sindicato, gestão estratégica, principais metodologias para a gesta de projetos, oportunidades e aplicação do PDCA para planejamento de projetos e parcerias sindicais.

 

“O PDA foca fortemente no associativismo e eles entenderam que esse trabalho em conjunto se multiplica com a boa gestão estratégica, parcerias e que a confiança deve existir sempre, pois uma economia com confiança gera lucro. Nesse encontro mostrei aos participantes como trabalhar com o PDCA que é um ciclo que permite aos sindicatos trabalharem nas estratégias para projetos e consequente crescimento da entidade”, frisou Celina.

 

O empresário e Presidente do Sindicato das Indústrias de Reparação de Veículos Estado de Roraima – SINDIREPA, João da Silva, destacou que o trabalho do Sindicato é árduo no sentido de reunir os associados e os manter na entidade. “Nós estamos sempre envolvendo nossos sócios nos eventos, informando sobre os deveres de associados como por exemplo a Contribuição Sindical, entre outros. Nossa meta trabalhar sempre o associativismo nas empresas e no sindicato”, enfatizou.

 

Prêmio CNI de Economia continua com inscrições abertas

07 de agosto de 2014

O prazo encerra no dia 30 de agosto. Serão premiados artigos de economia aplicada sobre os temas: Economia Industrial e Competitividade e Comércio Exterior.

 

O prêmio tem como objetivo estimular a pesquisa econômica de alta qualidade sobre a indústria e temas relevantes para o crescimento da indústria brasileira. Foi lançado pela Confederação Nacional da Indústria – CNI e conta com o apoio institucional da Associação Nacional de Cursos de Pós-Graduação em Economia (ANPEC).

 

Os artigos serão avaliados por uma banca composta por especialistas da ciência econômica, em geral professores e pesquisadores de universidades e instituições de pesquisa brasileiras.

 

Premiação - Para o tema Economia Industrial: 1° Lugar- R$ 20.000,00, 2° Lugar- R$ 10.000,00. Para o tema Competitividade e Comércio Exterior: 1° Lugar- R$ 20.000,00 2° Lugar- R$ 10.000,00.

 

Serão considerados inéditos os textos inseridos em documentos de circulação restrita de universidades e instituições de pesquisa, como notas e texto para discussão e similares. As inscrições poderão ser feitas mediante o preenchimento do formulário disponível no site www.cni.org.br/premiocnideeconomia.

 

 

FIER, OAB e Líderes sindicais debatem a implantação do selo verde em Roraima

13 de agosto de 2014

A Comissão de Direito Ambiental da Ordem dos Advogados do Brasil – OAB, solicitou à Federação das Indústrias de Roraima – FIER, reunião para a apresentação de proposta para a implantação do Selo Verde na indústria madeireira no Estado. O encontro aconteceu no dia 13 de agosto, na sala de reuniões da FIER.

 

Estiveram presentes o presidente da FIER, Engenheiro Rivaldo Neves, a vice-presidente, Malu Campos; o diretor 1º tesoureiro, João da Silva; o diretor 2º secretário, Raimundo Pereira da Silva; a superintendente da Federação Almecir Câmara, os membros do Sindicato da Indústria de Desdobramento e Beneficiamento de Madeiras, Laminados e Compensados do Estado de Roraima – SINDIMADEIRAS e a equipe técnica da entidade.

 

O Selo Verde surgiu a partir da necessidade de contribuir para a redução da degradação das florestas, numa iniciativa, sobretudo, das empresas que utilizam a madeira como matéria prima para o seu processo produtivo. Foi quando governos e organizações não governamentais (ONGs), formularam um conjunto de normas para regular o comércio de produtos provenientes das florestas tropicais. As empresas que conquistam este selo adotam práticas sustentáveis no seu processo extrativista, por meio de um plano de manejo ou outras páginas legalmente reconhecidas.

 

O presidente da Comissão de Direito Ambiental da OAB, Walker Jacinto destacou que, a exemplo de estados como o Ceará e Paraná, a partir da adoção do selo verde as empresas podem receber incentivos fiscais e tributários. “Se for possível viabilizar este projeto, o mesmo poderá ser um atrativo para mais indústrias no Estado de Roraima, visto que já é realidade em muitas capitais do Brasil. A ideia é econômico-ambiental.”, enfatizou.

 

O Sindimadeiras achou a proposta positiva.“A proposta é muito boa e nós devemos dar continuidade a esse projeto porque é bom para o Estado e setores como o madeireiro, de construção civil e outros setores que impulsionam Roraima economicamente”, destacou o vice-presidente do SINDIMADEIRAS, Oneber Magalhães Queiroz.

 

A FIER, por meio da sua diretoria, ratificou o posicionamento do sindicato e se colocou à disposição para o assessoramento, articulação e o acompanhamento deste processo. “Estarmos aprofundando os estudos sobre este assunto e, nas demais etapas que precisam ser reconhecidas para viabilizar este projeto”, afirmou Rivaldo Neves, presidente da FIER.

Curso Como atender a fiscalização do trabalho movimenta sede da FIER

22 de agosto de 2014

  fazer com que as empresas conheçam as normas e tentem adequar as situações de acordo com a realidade do Estado de Roraima”, completou.

 

   Para o Engenheiro Civil e empresário, Hamilton Thomas Junior, muitos profissionais da área de engenharia deveriam participar do curso. “As questões trabalhistas em uma empresa são de fundamental importância. O curso foi muito vantajoso para o crescimento profissional, pudemos debater e aprender com as experiências dos outros participantes. Foi muito produtivo”, enfatizou.

 

   O consultor da CNI Marcelo Carvalho destacou que os empresários devem buscar um equilíbrio para agir com conhecimento para enfrentar determinadas situações. “Quando o empresário não conhece algo, a tendência é que fique receoso com problemas que possam surgir nas empresas. A partir do momento que se trabalha o equilíbrio e o conhecimento, enfrenta-se as demandas do dia-a-dia de forma eficiente”, concluiu.

 

Na tarde da terça-feira (22), mais de 30 colaboradores do setor de recursos humanos de empresas industriais associadas aos sindicatos patronais participaram do curso “Como atender a fiscalização do trabalho”. O facilitador da ação foi o contabilista e consultor da Confederação Nacional da Indústria – CNI, Marcelo Carvalho.

 

   O curso faz parte do edital Associa Indústria, desenvolvido pelo Programa de Desenvolvimento Associativo – PDA. O objetivo foi apresentar um conjunto de normas, procedimentos e documentos relacionados à fiscalização trabalhista, com destaque para as boas práticas de atendimento ao fiscal do trabalho.

 

   Entre os tópicos abordados, as características da fiscalização, normas gerais e específicas, ações fiscais dos auditores do Ministério do Trabalho e Emprego; ações fiscais dos procuradores do Ministério Público do Trabalho, como atender a fiscalização, normas regulamentadoras de SST e a ação da indústria para a competitividade.

 

   O engenheiro de segurança do trabalho da Renovo Engenharia, Samuel Costa destacou que hoje o empresário tem muitos desafios a serem superados no entendimento das questões trabalhistas. “O curso vem para 

FIER realizou curso de Como reduzir a tarifa de Energia Elétrica

28 de agosto de 2014

Com o objetivo de disseminar informações sobre a composição da conta de energia elétrica das empresas industriais e sobre o impacto de seu custo sobre a competitividade da Indústria, A Federação das Indústrias de Roraima – FIER, realizou no dia 28 de agosto o Curso “Como reduzir a tarifa de energia elétrica”.

 

A ação é uma iniciativa da CNI em parceria com a FIER e SEBRAE por meio do Programa de Desenvolvimento Associativo – PDA. Ao todo participaram mais de 10 empresários industriais associados aos sindicatos patronais filiados à FIER e em processo de filiação.

O facilitador foi o engenheiro eletricista Fábio Dias Sales. Entre os temas destacados: Porque as tarifas de energia são tão caras no Brasil?; Por dentro da conta de energia; Reajuste e Revisão das Tarifas e Ação da Indústria para Competitividade.

Fábio apresentou vídeos explicando com funciona o sistema de cobrança das tarifas de energia para as empresas, o quanto pesa no bolso, quais os encargos e tributos incluídos, entre outros aspectos.

 

“A ideia foi expor várias situações e debater com os participantes de vários setores, buscando a troca de conhecimentos e o entendimento sobre o histórico dos custos de energia elétrica no país”, frisou.

 

Para os representantes do Sindicato da Indústria da Construção Civil de Roraima – Sinduscon, no curso os participantes têm informações importantes para o dia-a-dia e quando o consultor vem ministrar a capacitação, traz conteúdo pertinente ao desenvolvimento das empresas para agregar valores ao trabalho. “É importante sabermos sobre o assunto e quanto esses tributos, impostos e tarifas pesam no bolso do empresário para a busca de soluções compatíveis com a realidade do Estado de Roraima”, finalizou. 

Mais notícias FIER para você...

2014

2013

Av. Benjamin Constant, 876 Centro - CEP 69 301 020
Boa Vista - Roraima
Email: gab.fierr@sesi.org.br
Site: www.fier.org.br
Tel: (95) 4009 5367
Fax.: (95) 3224 1557

Av. Brigadeiro Eduardo Gomes, 3710 -Aeroporto - CEP 69 310 005

Boa Vista - Roraima

Email: falecom.rr@sesi.org.br

Site: www.sesirr.org.brTel: (95) 4009-1848Fax.: (95) 4009-1805

Av. dos Imigrantes, 399

Asa Branca - CEP 69 312 296 Boa Vista - Roraima

Email: senai@rr.senai.br

Site: www.rr.senai.br

Tel: (95) 2121 5050

Fax.: (95) 2121 5081

Av. Capitão Júlio Bezerra, 363
Centro - CEP 69 301 410
Boa Vista - Roraima
Email: sec@ielrr.org.br
Site: www.ielrr.org.br
Tel: (95) 3621 3570
Fax.: (95) 3624 7320

© 2013 Sistema Indústria Roraima - FIER