Últimas Notícias

Leia as principais notícias da Federação das Indústrias do Estado de Roraima e saiba mais sobre as ações que fomentam o empresariado do segmento industrial no Estado.

Setembro de 2013
Gerente de relações institucionais da APEX Brasil visita Roraima

27 de setembro de 2013

A Federação das Indústrias de Roraima – FIER, por meio do seu Centro Internacional de Negócios - CIN recebeu a gerente institucional da Agencia Brasileira de Exportação e Investimentos – APEX Ana Paula Repezza. A visita aconteceu nos dia 26 e 27 de setembro.O objetivo foi de buscar o fortalecimento da Indústria Roraimense no mercado exterior, com a análise do mercado local e a formulação de estratégias para que o Estado possa participar de forma favorável no comércio internacional.Apex é uma agencia do Governo Federal vinculada ao Ministério de Desenvolvimento Indústria e Comercio - MDIC. O foco principal é auxiliar as empresas que queiram exportar ou que já exportem e desejem aumentar o volume de exportações. A entidade auxilia os empresários dando informações sobre esses mercados, apoiando na capacitação das empresas em temas de comercio exterior, bem como a promoção de ações comerciais e participação em feiras e missões comerciais.A gerente da APEX cumpriu uma agenda onde além de se reunir com a equipe do CIN, presidentes de sindicatos e empresários, visitou algumas empresas industriais: Fábrica de Rações, Arroz Faccio, LB Construções e as futuras instalações do Frigo 10. A comitiva se reuniu também com o Secretário de Estado de Planejamento e Desenvolvimento Haroldo Amoras. Ana Paula frisou que a visita foi muito positiva, pois o que viu são empresas com uma visão de negócios ampla, com visão de mercado globalizada e capaz de se posicionar no mercado externo e como o Brasil tem essa vantagem de posicionamento, com atributos ligados a sustentabilidade, representa um caminho natural para as indústrias em Roraima. “Se as empresas se posicionarem com esse diferencial, mesmo sendo um produto vinculado a Agroindústria, mas que tenha uma tecnologia de pesquisa e processamento e que tenha condições de ser exportado, é uma excelente oportunidade para todos os empresários e a APEX está à disposição para auxiliá-los e tirar todas as dúvidas”, destacou.A empresária do ramo de rizicultura Izabel Itikawa vê a visita da gerente da APEX como imensa contribuição às indústrias de Roraima pelo fato de o Estado ser ligado a dois países. Nós sentimos a extrema necessidade de amadurecermos esse conhecimento voltado para a exportação e importação e a partir do momento que isso acontecer aproveitaremos a oportunidade pelo fato da tríplice fronteira. Devemos estar preparados para essa realidade global vislumbrando um futuro de negócios fora do nosso pais”, finalizou.

FIER divulga Balança Comercial do mês de agosto

26 de setembro de 2013

A Federação das Indústrias do Estado de Roraima (FIER), por meio do seu Centro Internacional de Negócios (CIN) divulgou na última quinta-feira (26) os resultados da balança comercial roraimense referente ao mês de agosto. Após dois meses consecutivos registrando superávit, no mês de agosto de 2013 a Balança Comercial registrou um saldo deficitário de (-US$ 73.155), depois de terem sido registrados déficits em janeiro (-US$ 54.361) e fevereiro (-US$ 280.266), superávit em março (US$ 875.480), déficit nos meses de abril (-US$ 98) e de maio (-US$ 230.442), superávit nos meses de junho (US$ 714.712) e de julho (US$ 1.076.281) deste ano.Foi exportado, em agosto, um total de US$ 547.970, valor inferior ao de julho do corrente ano (US$ 1.076.281) e até mesmo se comparado ao mês de junho (US$ 714.712). Se comparado com agosto de 2011 (US$ 1.590.680), o volume das exportações foi 66% menor no ano corrente. A Madeira, com participação de 90,99%, permanece em primeiro lugar respondendo praticamente por todas as exportações. Houve um decréscimo de 49% em volume exportado deste item, se comparada sua participação de julho para agosto do corrente ano (de US$ 972.357 para US$ 498.585), mas um fato interessante é a subida de posição dos produtos: sal, enxofre, terras e pedras, gesso, cal e cimento, ocupando a segunda posição no mês de agosto no ranking de exportações de 2013, com participação de 0,62%, contando com a fraquíssima participação dos demais produtos nas exportações neste período. Os países para onde mais se exportou este mês foram: Venezuela (75,64%) e Países Baixos - Holanda (15,97%), respectivamente. Em relação às importações, agosto de 2013 (US$ 621.125) ratifica sua tendência de crescimento, visto que em junho do corrente ano o volume era de US$ 299.871 e em julho foi de US$ 602.896. Mesmo comparando ao ano de 2012, o mês de agosto apresenta um acréscimo de US$ 469.510 (80%) em relação ao mesmo mês em 2012 (US$ 124.615), ou seja, uma considerável variação entre os dois anos. Os produtos que permanecem com maior volume de importações no Estado são as Máquinas, aparelhos e materiais elétricos e suas partes, com US$ 162.557, participando com 26,17% do total das importações, passando para a primeira colocação no ranking, seguido de Equipamentos de informática e suas partes, com participação de US$ 136.296 (21,94%), vindo na terceira posição os Produtos Cerâmicos, com US$ 93.722, equivalente a 15,09% das importações este mês. Os países de onde mais se importou este mês foram: China (59,07%), Venezuela (19,74%) e Colômbia (9,36%), respectivamente.

Conselho Temático de Relações Trabalhistas e Responsabilidade Social recebe secretária estadual de educação

26 de setembro de 2013

Os membros do Conselho Temático de Relações Trabalhistas e Responsabilidade Social – CTRTRS, se reuniram nesta terça-feira (24), para a apresentação dos indicadores e metas do conselho. Durante a reunião ordinária, os membros foram atualizados sobre os andamentos das ações desenvolvidas em 2013.O CTRSRT fez um convite a secretária de Estado de Educação Lenir Luitgards. Ela fez uma apresentação sobre como a responsabilidade social é trabalhada na educação pública de Roraima.A secretária frisou que não existe uma disciplina específica, mas que o tema é desenvolvido transversalmente e que alguns setores foram motivados a trabalhar o assunto. “A responsabilidade social está contemplada em projetos de educação ambiental presentes na Agenda 21. O Mais Educação, um programa executado em parceria com o governo federal, está presente em 57 escolas, inclusive em areas indígenas, contemplando a educação na língua materna dos índios e estimulando a formação dos professores para atuar especificamente nas comunidades”, disse.Ela lembrou que a SEED desenvolve programas de prevenção ao consumo de álcool e drogas em parceria com o DETRAN e as policias civil e militar. “É claro, não temos a ilusão de que as coisas ruins não chegam à escola, mas estamos trabalhando para minimizar os seus efeitos na comunidade escolar. Os resultados desse trabalho podem ser vistos nos prêmios conquistados no âmbito da gestão escolar. As escolas princesa Isabel e Mario David Andreazza ficaram entre as seis melhores do Brasil em 2013”, finalizou.A conselheira Izabel Itikawa ressaltou a importância do conselho conhecer mais de perto a situação das escolas. "Esse é um trabalho base para que possamos colher os frutos no futuro” frisou.O coordenador da unidade de Responsabilidade Social Empresarial do SESI, Jefferson Haron, apresentou um projeto desenvolvido pelo governo de Portugal, sobre ensino experimental das ciências. São vários guias impressos, que auxiliam a formação cidadã dos alunos em paralelo às disciplina tradicionais. "É uma iniciativa básica, mas completa e que pode ser adotado por nossas escolas", disse.

Sistema Indústria participa da Feira do Empreendedor 2013

19 de setembro de 2013

A Federação das Indústrias do Estado de Roraima – FIER participa no período de 19 a 22 de setembro, das 16h às 21h, da Feira do Empreendedor 2013, promovida pelo SEBRAE, no Parque Anauá.No stand da Federação o público poderá conhecer os serviços oferecidos pela FIER, como as Consultorias Empresariais, elaboração de projetos, assessoria jurídica, realização de pesquisa, diagnósticos, estudos e publicações. O Programa de Apoio a Competitividade – PROCOMPI. Programa de Desenvolvimento Associativo – PDA. Orientações e serviços do Posto do BNDES. Atividades e projetos do Centro Internacional de Negócios - CIN e ações de Apoio ao Comércio Exterior. Além das ações de articulação, defesa e representação dos interesses da indústria junto à sociedade e ao poder público, como por exemplo, os Conselhos Temáticos da FIER. O Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial - SENAI e o Instituto Euvaldo Lodi - IEL, entidades que integram o Sistema Indústrias Roraima, também participarão do evento.O SENAI-RR estará divulgando os cursos que estão sendo ofertados além dos Serviços Técnicos e Tecnológicos, especialmente o que trata da Mobilização Empresarial pela Inovação, que é uma ação da Federação das Indústrias do Estado de Roraima – FIER, por meio do Instituto Euvaldo Lodi – IEL-RR, SEBRAE e Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial – SENAI/RR, que pretende mobilizar as empresas a aderir à cultura da inovação por meio do Projeto de Implantação de Planos de Inovação nas Micro e Pequenas Empresas da Cadeia Produtiva Industrial de Roraima.Outra projeto a ser divulgado é o “Emprega Indústria”, que foi desenvolvido entre SENAI e IEL, visando promover maior empregabilidade para egressos dos cursos profissionalizantes e técnicos do SENAI Roraima. O objetivo do projeto é proporcionar mais facilidade para as empresas que procuram profissionais qualificados. O IEL atuará na realização de cadastros de estágio, informações sobre vagas de estágio e emprego, procedimentos para concorrer a vagas, recebimento de currículos, informações sobre cursos, e sobre o emprega indústria para colocação no mercado de trabalho de ex-alunos do SENAI.

FIER realiza encontro para discutir desafios e oportunidades para o Setor Madeireiro de Roraima

12 de setembro de 2013

A Federação das Indústrias do Estado de Roraima, na promoção da defesa de interesses do setor produtivo industrial, realiza nesta quinta-feira (12), às 15 horas, no auditório da entidade, um encontro de trabalho entre os conselheiros do Sistema Indústria e convidados sobre “Os desafios e oportunidades para o Setor Madeireiro de Roraima”.O encontro acontece como pauta do Conselho Temático de Meio Ambiente, Recursos Naturais, Energia e Infraestrutura (CTMAR) e busca identificar de forma coletiva, alternativas viáveis à continuidade das atividades do referido segmento.Participam do evento, representantes do setor madeireiro, entidades e instituições governamentais, com objetivo de discutir os desafios e buscar oportunidades para o desenvolvimento da atividade no Estado.Durante a programação serão apresentados os principais problemas enfrentados pelo segmento no Estado, o que servirá de base para o pronunciamento dos órgãos de controle convidados a contribuir com a construção de uma agenda positiva, na busca de soluções para o setor.

FIER apresenta resultados de pesquisa sobre acesso de pessoas com deficiência ao mercado de trabalho

11 de setembro de 2013

A Federação das Indústrias do Estado de Roraima – FIER realiza nesta quarta-feira (11), a partir das 10h, no auditório da entidade, a apresentação dos resultados da pesquisa voltada para a identificação de problemas e obstáculos que dificultam a contratação e a manutenção do emprego das pessoas com deficiência. A ação foi possível devido ao acordo firmado por meio de Termo de Cooperação Técnica com o Ministério do Trabalho, que visa estimular o acesso de deficientes ao mercado de trabalho.O trabalho foi desenvolvido pela empresa Atuallis Consultoria e ouviu 37 gestores do segmento de indústrias do Município de Boa Vista/RR. Ao todo foram 28 perguntas que buscaram esclarecer se existe, por exemplo, recusa das empresas ou ausência de trabalhadores qualificados, entre outras informações estratégicas.Os setores industriais consultados foram: Construção Civil, Terraplenagem, Gráfica, Confecções, Panificação, Reparação de Veículos, Grãos, Jóias, Movelaria, Madeireira, Cerâmica, Serralherias e Artefatos de Cimento. Também foram ouvidos representantes de órgãos públicos: Eletrobrás – Eletronorte, CERR, CAER, CORREIOS, CODESAIMA e EMBRATEL.

FIER recebe militares da Escola de Comando e Estado-Maior do Exército

10 de setembro de 2013

A Federação das Indústrias do Estado de Roraima – FIER recebeu na última terça-feira (10), em seu auditório, a comitiva da Escola de Comando e Estado-Maior do Exército (ECEME), formada por 25 militares. A visita fez parte do trabalho de levantamento estratégico de informações, sobre a Amazônia Ocidental, em área de interesse para as forças armadas.O coordenador técnico Ivo Gallindo, representou a FIER e foi o responsável pela apresentação de dados referentes ao setor industrial no Estado. “Mostramos o atual cenário da indústria no Estado e como a federação está trabalhando para ampliar a atividade. Queremos que a indústria seja responsável por grande parte do PIB de Roraima até 2020. E para isso é necessário que busquemos junto ao poder público, alternativas para consolidar esse desenvolvimento, como por exemplo, o asfaltamento da rodovia que liga Lethen até Georgetown, na Guiana, um dos principais portos do continente e que ajudaria na importação e exportação de produtos, com foco nos mercados asiáticos. Temos ainda a nossa vocação agroindustrial. Outro ponto que abordamos foi a questão energética, com a interconexão do linhão de Tucuruí. Hoje essa questão é um gargalo e a energia de Guri (Venezuela) já não atende a demanda de Roraima”, disse.Participaram também o presidente da Federação do Comércio do Estado de Roraima – FECOMÉRCIO, Airton Dias, que apresentou o cenário do comércio em Roraima e o presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Roraima – FAERR, Almir Sá, que abordou a importância da agroindústria e os entraves fundiários ocasionados pelas recentes demarcações de terras indígenas.O comandante da ECEME, coronel Josias Pedrotti, destacou a importância estratégica do evento, para os oficiais doECEME. “Eles serão os futuros assessores dos oficiais generais e atuarão diretamente em questões referentes a defesa do país. Alguns deles também comandarão pelotões e batalhões. A região amazônica é para nós estratégica, então é fundamental conhecer todas essa dinâmica, em nível político e econômico. São informações que nos auxiliarão na formatação de estratégias voltadas para a nossa defesa”, finalizou.

Fortalecimento Sindical é discutido em mesa redonda do PDA

06 de setembro de 2013

A Federação das Indústrias de Roraima, por meio do Programa de Desenvolvimento Associativo - PDA, promoveu no dia 5 de setembro, uma mesa redonda para dirigentes sindicais com o tema: “Como atrair e manter o associado”.O evento aconteceu na sala de reuniões da FIER e contou com a participação do presidente do Sindicato das Indústrias de Marcenaria do Estado de Roraima – SINDIMAR, João de Lima Tavares e o presidente do Sindicato das Indústrias Madeireiras e Moveleiras do Noroeste de Mato Grosso – SIMNO, Roberto Rios Lima, e como mediador, representando a Confederação Nacional da Indústria – CNI, o empresário do ramo calçadista, Getúlio Vargas. O objetivo do evento foi de estimular nos participantes a adoção de estratégias bem sucedidas na atração e manutenção de associados, e proporcionar a da troca de experiências entre lideranças sindicais de diferentes regiões do país. A ação faz parte do cronograma trimestral do PDA, que é realizado em parceria com a CNI.Roberto Rios destacou que foi interessante falar sobre o trabalho desenvolvido pelo sindicato nos últimos sete anos, bem como as barreiras e os trâmites enfrentados em prol do fortalecimento do setor. “Acredito que a minha participação será importante para o setor aqui em Boa Vista, porque um dos principais segmentos econômicos é a madeira e poucas pessoas sabem disso. Roraima é um Estado com floresta nativa, então porque não fomentar ainda mais essa economia de maneira sustentável”, concluiu.“A minha contribuição para esta mesa redonda foi pela experiência que tenho com o sindicalismo, há mais de 20 anos. Como mediador, procurei conduzir os trabalhos de forma que os empresários participem mais dos sindicatos e tenham em mente formas de gerar interesse para a associação sindical. Se não houver participação do empresariado, não há fortalecimento do setor”, declarou o empresário Getúlio Vargas. Os empresários falaram sobre o plano de manejo florestal e os entraves para o desenvolvimento do setor. A principal dificuldade citada foi a liberação de licenças por parte dos órgãos ambientais.O presidente do SINDIMAR, João de Lima Tavares, destacou que ações como esta rendem boas experiências não só ao setor moveleiro e madeireiro, mas para todos os outros segmentos. “Nós temos muito a ganhar ouvindo cases de outros Estados, iremos dar uma pequena contrapartida com experiências do nosso setor, vamos comparar as informações, analisando como um todo e buscando melhorias”, completou.

Mais notícias FIER para você...

2014

2013

Av. Benjamin Constant, 876 Centro - CEP 69 301 020
Boa Vista - Roraima
Email: gab.fierr@sesi.org.br
Site: www.fier.org.br
Tel: (95) 4009 5367
Fax.: (95) 3224 1557

Av. Brigadeiro Eduardo Gomes, 3710 -Aeroporto - CEP 69 310 005

Boa Vista - Roraima

Email: falecom.rr@sesi.org.br

Site: www.sesirr.org.brTel: (95) 4009-1848Fax.: (95) 4009-1805

Av. dos Imigrantes, 399

Asa Branca - CEP 69 312 296 Boa Vista - Roraima

Email: senai@rr.senai.br

Site: www.rr.senai.br

Tel: (95) 2121 5050

Fax.: (95) 2121 5081

Av. Capitão Júlio Bezerra, 363
Centro - CEP 69 301 410
Boa Vista - Roraima
Email: sec@ielrr.org.br
Site: www.ielrr.org.br
Tel: (95) 3621 3570
Fax.: (95) 3624 7320

© 2013 Sistema Indústria Roraima - FIER