Últimas Notícias

Leia as principais notícias da Federação das Indústrias do Estado de Roraima e saiba mais sobre as ações que fomentam o empresariado do segmento industrial no Estado.

Maio de 2014
 
 

Alunos do turno vespertino do Colégio Objetivo participam de Palestra sobre tema do Prêmio FIER de Redação 

22 de maio

            A Federação das Indústrias de Roraima – FIER, firmou parceria com o grupo de Educação fiscal formado por servidores da Receita Federal, Secretaria do Estado da Fazenda e Secretaria de Educação, para proporcionar conhecimento do assunto “pirataria”dentro das escolas e disseminar o tema de uma das categorias do Prêmio FIER de Redação.

 

            No dia 22 de maio, os alunos do turno vespertino do Colégio Objetivo participaram da palestra “Produtos piratas e seus impactos para Indústria na sociedade de Roraima”. O objetivo é motivar e transmitir aos alunos informações e dados para que eles possam construir um pensamento acerca dos efeitos nocivos que pirataria traz à sociedade.

Na atividade foram distribuídos uma cartilha falando sobre a importância de não utilizar produtos piratas e um cartaz animado em forma de mão com a seguinte frase: Viva a originalidade!

 

       A servidora da Receita Federal Raimunda Viana destacou que é muito importante que os alunos recebam essas informações e as transmitam fora da escola. “A cada palestra que ministramos percebemos o interesse dos alunos pelo assunto e a interatividade dos mesmos. O grupo de Educação Fiscal está muito satisfeito com o resultado dessa parceria”, completou.

Existe um calendário de todas as Escolas Públicas e Privadas, articulado para que todas sejam atendidas com as Palestras. A expectativa é atender todas as escolas até o fim do mês de junho.

 

           Prêmio - As inscrições do Prêmio FIER de Redação permanecem abertas até o dia 30 de junho de 2014. O objetivo é incentivar a apresentação de redações e trabalhos acadêmicos os quais expressem a importância que a indústria local proporciona à sociedade roraimense, considerando os seus distintos aspectos, características de interação com os diferentes setores, instituições, bem como os impactos e a contribuição para o desenvolvimento econômico e social do Estado.

 

            É voltado para alunos do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental Regular (Categoria I); alunos de 1º a 3º ano do Ensino Médio Regular e do Ensino Técnico (Categoria II), e a novidade dessa segunda edição é participação de alunos de qualquer curso regular do Ensino Superior (Categoria III).

 

         Serão considerados inscritos, os trabalhos formalmente encaminhados à Comissão Organizadora do Prêmio FIER de Redação, na Av. Benjamin Constant, 876, Centro, por meio de ofício assinado pela Direção da Escola, Reitoria da Universidade/Faculdade, ou pelos chefes de departamentos, centros ou Direção de cursos das instituições de ensino. 

 

Membros do Conselho Temático de Responsabilidade Social e Relações Trabalhistas visitaram a Empresa Eletrobrás/Eletronorte

22 de maio

 

 

  

            Como item da agenda de trabalhos do Conselho Temático de Responsabilidade Social e Relações Trabalhistas – CTRSRT, foi realizada no dia 21 de maio, uma visita técnica à Sede Regional da Eletrobrás/Eletronorte.

 

            Participaram da visita o assessor jurídico da FIER Alcides da Conceição de Lima Filho, o industrial Elton Carneiro da Silva (SINDIGRAF), o coordenador técnico Ivo Gallindo, a industrial Izabel Itikawa (SINDIGRÃOS), o assessor da gestão Jefferson Haron, gerente financeiro do IEL José Rui Furtado Bezerra, a industrial e presidente do CTRSRT Lisete Pereira Carneiro (SINDICONF), além de Maria da Conceição Lobo, da Eletrobrás/Eletronorte, a industrial Rosinete Damasceno Baldi (SINDICONF), a técnica da FIER Maria Lúcia Teixeira e Antonio Silva, Mario Luis Alves, ambos da Eletronorte e o Superintendente da Empresa Roni Rodrigues.

 

            Em um primeiro momento, na sede da Eletrobrás/Eletronorte foi realizada a apresentação do Programa de Manutenção Produtiva Total - TPM, que trata-se de um controle da qualidade no trabalho, a partir dos quais foram se desenvolvendo várias práticas inclusive relacionadas à segurança no trabalho. O programa foi vencedor do Prêmio SESI de Qualidade no Trabalho – PSQT.

 

            Em seguida, a comitiva se deslocou para a subestação, localizada às margens da BR 174, KM 521 Monte Cristo III, na saída para Pacaraima. Lá puderam conhecer o funcionamento da transmissão da energia de Guri, na Venezuela, para Roraima e como essa energia é distribuída para as outras subestações. Os membros do Conselho conheceram também o local onde acontece o monitoramento de todos os pontos nas torres de energia, originadas na Venezuela até Boa Vista.

 

           O assessor da gestão Jefferson Haron disse que todos ficaram satisfeitos com a visita. “A instituição tem um modelo de organização e qualidade no que diz respeito à segurança no trabalho, principalmente por se tratar de uma atividade de alto risco e um fator muito positivo é que a empresa está a 11 anos e 3 meses sem ter nenhum acidente de trabalho. É um compromisso diário com os colaboradores”, destacou.

 

 

FIER reúne mais de cem industriais e o governador para buscar melhorias para o setor

Chefe do Executivo Estadual assumiu o compromisso de priorizar o atendimento às demandas da indústria roraimense

 

07 de maio

            Na manhã do dia 7 de maio, a Federação das Indústrias de Roraima promoveu o primeiro Café com a Indústria em 2014. O evento foi criado no ano passado pelo SESI e desenvolvido trimestralmente no Distrito Industrial. A partir deste, ele passa a ser coordenado pela FIER devido ao formato e aos assuntos discutidos.

 

            Na pauta um destaque para a urgência de ações que tragam mais segurança para as empresas instaladas no Distrito Industrial, com patrulhamento da Polícia Militar, Melhoria da Iluminação Pública e instalação de câmeras de monitoramento, as quais os empresários se propõem a adquirir desde que o governo conceda descontos no ICMS, relativos ao investimento realizado. Também foram solicitadas obras de saneamento básico, coleta de lixo, limpeza, asfaltamento e construção de calçadas e meio fio.

 

               A FIER reforçou, entre outros assuntos, a necessidade de facilidade ao crédito, da criação de uma política de benefícios e incentivos fiscais, a redução ou isenção do ITCD (Imposto sobre Transmissão Causa Mortis e Doação de Quaisquer Bens ou Direitos), que hoje corresponde a 4% do valor venal do imóvel, e a urgência no encaminhamento do Estudo de Impacto Ambiental e do Relatório de Impacto ao Meio Ambiente, para o Município de Boa Vista, a fim de viabilizar a conclusão dos licenciamentos ambientais.

 

             Após a apresentação foi aberto espaço para perguntas. O governador destacou que tem dado uma atenção especial às demandas apresentadas pela FIER. “Nossa equipe já está se reunindo com empresários e outras instituições para debater os problemas mais emergenciais e procurar soluções rápidas e eficientes. Sabemos que existe a necessidade de se criar um fórum permanente para discutir os problemas que na maioria das vezes freiam os processos documentais para os empresários”, frisou.

 

             Ele disse ainda que o Distrito Industrial precisa ser redimensionado e as situações existentes devem ser regularizadas por entender que o Distrito Industrial é uma realidade no Estado de Roraima, gerando empregos e produtos fabricados aqui pelos empresários e com um potencial de expansão muito grande. Segundo ele, sob uma visão geopolítica, o Estado de Roraima, a curto, médio e longo prazo terá uma explosão de crescimento.

 

          A empresária do Setor de Grãos Izabel Itikawa parabenizou o SESI e a FIER pelo empenho em intermediar essas demandas do setor industrial, consolidadas na Agenda de Desenvolvimento apresentada, e fez um apelo: “Nós pedimos que o governo valorize os empresários industriais que possuem um papel importantíssimo no desenvolvimento do Estado e que ouça a FIER, pois ela é a legítima representante das nossas empresas e dos nossos interesses”, completou.

 

          A rodada de perguntas começou pelo Presidente do SINDIREPA e diretor 1º tesoureiro da FIER, João da Silva, que indagou sobre a situação do Condomínio Industrial. “Os empresários da serralheria, movelaria e reparação precisam trabalhar sem gerar poluição sonora e, por isso, reivindicam uma atenção especial por parte do poder executivo para a liberação da área para que possam desenvolver as suas atividades”, relatou. O governador destacou que está trabalhando nos trâmites para a liberação do Condomínio de forma a facilitar a instalação das indústrias.

 

            A vice-presidente da FIER e presidente do SINDEARTER Maria Luiza Campos pediu atenção à extensão rural. “Existem áreas rurais com potencial produtivo, áreas indígenas, e muitos produtores foram retirados de seus lotes e reassentados, mas sem perspectiva. Resolver os seus problemas vai aumentar a produção agrícola e a geração de matérias primas artesanais, beneficiando os artesãos de Roraima”, completou.

 

           A empresária industrial do ramo de reparação de veículos, Elizabeth Fukuda, enfatizou que no inverno as condições de trabalho em sua empresa ficam difíceis por conta dos alagamentos e as condições precárias das ruas do distrito, sobretudo na quadra onde sua empresa está instalada. “Gostaríamos que o governo realmente desse uma atenção especial às necessidades dos industriais para a solução dos problemas de forma efetiva”, disse.

 

           O governador finalizou sua participação na reunião com a garantia de que os problemas emergenciais do Distrito Industrial serão resolvidos. Será feito um levantamento pela SEINF de todas as necessidades no local, bem como a análise de tributos como o Imposto de transmissão causa mortis e doação (ITCD) em função do que foi relatado pelos empresários.

 

            Ele firmou o compromisso de dar andamento à solução de todos os problemas apresentados, inclusive no que se refere ao adensamento das cadeias produtivas, segurança, infraestrutura e acesso ao crédito, mantendo uma agenda permanente de discussão e acompanhamento com a FIER e os empresários. “Nós podemos nos reunir no palácio do governo, aqui ou na FIER. O importante é que precisamos trabalhar juntos para eliminar os gargalos à produção”.

 

            O presidente da FIER, Rivaldo Neves, avaliou de forma positiva o resultado do primeiro Café com a Indústria organizado pela Federação. “Tivemos a presença de mais de cem empresários industriais demonstrando a força deste segmento tão importante para o desenvolvimento de Roraima, e a legitimidade da FIER como entidade que o representa.”, afirmou.

Mais notícias FIER para você...

2014

2013

Av. Benjamin Constant, 876 Centro - CEP 69 301 020
Boa Vista - Roraima
Email: gab.fierr@sesi.org.br
Site: www.fier.org.br
Tel: (95) 4009 5367
Fax.: (95) 3224 1557

Av. Brigadeiro Eduardo Gomes, 3710 -Aeroporto - CEP 69 310 005

Boa Vista - Roraima

Email: falecom.rr@sesi.org.br

Site: www.sesirr.org.brTel: (95) 4009-1848Fax.: (95) 4009-1805

Av. dos Imigrantes, 399

Asa Branca - CEP 69 312 296 Boa Vista - Roraima

Email: senai@rr.senai.br

Site: www.rr.senai.br

Tel: (95) 2121 5050

Fax.: (95) 2121 5081

Av. Capitão Júlio Bezerra, 363
Centro - CEP 69 301 410
Boa Vista - Roraima
Email: sec@ielrr.org.br
Site: www.ielrr.org.br
Tel: (95) 3621 3570
Fax.: (95) 3624 7320

© 2013 Sistema Indústria Roraima - FIER