Instituto Amazônia + 21 é lançado em Boa Vista
 

press to zoom

press to zoom

press to zoom

press to zoom
1/6

Promover negócios sustentáveis na Amazônia e qualificar as empresas da região sob a ótica da agenda ESG (cuidado ambiental, responsabilidade social e governança empresarial). Sob essa perspectiva foi lançado na tarde desta segunda-feira (11) o Instituto Amazônia + 21 no auditório da 
Federação das Indústrias do Estado de Roraima (FIER). O evento ocorreu em formato híbrido sendo transmitido também no Youtube do SESI Roraima.  


O lançamento e apresentação do instituto foi realizada pelo presidente da Federação das Indústrias do Estado de Rondônia (FIERO), Marcelo Thomé, que destacou a capacidade da Amazônia em produzir negócios que alinhem a temática da sustentabilidade com o lado empresarial. “Essa é uma iniciativa apoiada pelas nove federações das indústrias da Amazônia legal, além da Confederação Nacional da Indústria. Isso é um diferencial incrível, pois significa ter empresários que conhecem a realidade amazônica propondo as bases e linhas de negócios sustentáveis. Assim buscamos que as empresas do estado possam promover essa transição para uma economia de baixo carbono e todos os projetos daqui pra frente serem pensados sob uma ótica de sustentabilidade”, explicou. 


Em sua apresentação do Instituto Amazônia+21, Marcelo Thomé destacou como o instituto atuará facilitando a atração de investimentos contemplando as diferentes realidades amazônicas e os saberes ancestrais produzidos na região. “É urgente que a gente introduza a cultura da produção de forma sustentável e na medida em que essa cultura se fortaleça tenha uma ampla gama de empreendimentos ESG. Há uma grande consciência dos consumidores e governos da necessidade de se produzir de modo sustentável e o empresário precisa ter essa cultura também. A simples atração de investimento e estabelecimentos de empreendimentos sustentáveis em Roraima permitirá gerar empregos, desenvolver mão de obra qualificada em um ciclo virtuoso de um desenvolvimento”, revelou Marcelo.  
 

Para a presidente da FIER, Izabel Itikawa, a instalação do instituto gera uma grande expectativa de pensar a região de uma perspectiva sustentável. “Estamos falando de uma Amazônia que dá certo, que tem um grande potencial econômico e que nos traz uma gama de 
oportunidades para o desenvolvimento. O Instituto Amazônia + 21 vem com o propósito de mobilizar e articular as indústrias de nosso estado para estarem engajadas nesse propósito de produzir de forma sustentável”, afirma a presidente. 

 

Presente na cerimônia de lançamento, o governador de Roraima, Antonio Denarium agradeceu e destacou a importância da implantação do Instituto Amazônia +21. “Gratidão a presidente Izabel pelo convite e parceria de sempre e ao Marcelo Thomé por trazer as bases desse instituto para nosso estado. Estamos juntos trabalhando sempre pelo desenvolvimento de Roraima. Divulgar a preservação ambiental é fundamental ainda mais que estamos dentro da Amazônia. É nossa responsabilidade trazer esses projetos, pois sabemos a realidade local e o que precisamos para fazer Roraima seguir no caminho do avanço”, afirma o governador.  


Representando os empresários industriais, Clerlânio Holanda afirmou que o instituto chega para ser o elo entre bons projetos sustentáveis e o empresariado local. “É exatamente o que estávamos precisando. É a aquela lacuna que estava faltando. A ligação entre as empresas e uma instituição de qualidade para que pudéssemos apresentar os projetos com responsabilidade social e tivesse alguém para fomentar e unir os pontos. Conhecemos a realidade do estado e região, muito se fala da Amazônia, mas poucos a conhecem. Por isso, parabenizo a CNI, FIER e todos os envolvidos pela iniciativa”, finaliza. 

ASCOM SISTEMA INDÚSTRIA
4009-1874 98126-0008